segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Resenha: Como Falar Com Um Viúvo

Título: Como Falar Com Um Viúvo
Páginas: 271
Autor: Jonathan Tropper

Minha Nota:  4/5
                                        

Sinopse: Desde que sua esposa, Hailey, morreu, Doug só pensa em se afogar em autopiedade e Jack Daniel's. Não tirou nada do lugar em que ela deixou, nada mais tem graça e até os coelhos que insistem em aparecer no gramado de sua casa o tiram do sério. Mas Doug tem outras coisas com que se preocupar. Seu pai sofreu um AVC e não se lembra de quase nada, sua mãe, uma ex-atriz de teatro, continua agindo como se ainda vivesse seus dias de fama, sua irmã caçula, Debbie, conheceu o noivo durante o velório de sua esposa, e Doug não consegue perdoá-la por isso. Seu enteado, que já foi um rapaz tranquilo, agora vive arrumando encrencas. E tudo se torna ainda mais confuso para Doug quando Claire, sua irmã gêmea, grávida e prestes a se divorciar do marido, se muda para sua casa, disposta a arrancá-lo do estupor do luto e trazê-lo de volta à vida. Doug é jovem, charmoso e triste, ou seja, tem a química perfeita para protagonizar os mais inusitados encontros românticos. Em pouco tempo sua vida vira do avesso e lhe escapa ao controle, gerando uma série de equívocos sexuais e episódios familiares tragicômicos.

Resenha e Opinião: Bom, eu paguei apenas R$4,90 no livro e, falando sério, comprei mais por causa da capa (Eu adorei as letras muito coloridas) e do preço. Comecei a ler sem muitas expectativas, fui sem muita “sede ao pote” e me surpreendi. Imaginei um viúvo totalmente diferente do que eu vi. Por se tratar de um viúvo, eu imaginei uma pessoa mais velha, o que não tem nada a ver, depois pensei, não se tem idade certa para morrer, ainda mais se tratando de acidente.
Doug tem apenas 29 anos, e nunca foi um aluno brilhante, sempre foi demitido dos empregos de redator. Não levava a vida muito à sério até conhecer Hailey e se apaixonar. Hailey, uns 10 anos mais velha que Doug, divorciada e com um filho adolescente. Os dois se casam e alguns poucos anos depois, Hailey morre em uma tragédia de avião.
Depois de um ano da morte de Hailey, Douglas ainda está de luto, "sem viver". Claire resolve deixar o marido e viver com Doug, e com a missão de tirá-lo do luto, e para isso, basta ele dizer que sim. Ele tem medo de apagar de vez as lembranças da mulher falecida, e aceitar de uma vez por todas que ela se foi.

A sinopse já  diz muito sobre o que se vai encontrar nessa história, por isso não estenderei , para que vocês mesmos descubram.
Doug vive uma vida de luto e irônica, o que deixa o livro divertido. Eu indico esse livro a todas as pessoas que querem ler algo, apesar de trágico, engraçado.


E hoje é só leitores, espero que gostem e até a próxima. Beijinhos!

12 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Que livro barato ! Acho que também compraria ....
    Fiquei com muita vontade de ler .
    Beijo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que livro barato ! Acho que também compraria ....
    Fiquei com muita vontade de ler .
    Beijo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha, você escreve muito bem!
    Beijos,
    https://literarioetc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Livro de americanas né?
    Ai tentei ler algo desse autor e zzzzzzzzzz

    Ele não me anima kkk

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu tentei ler esse livro mas parei na metade :(
    Talvez um dia eu retorne para a leitura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De repente quando você voltar a leitura flui.
      Tomara que consiga.
      beijinhos

      Excluir
  7. Sempre vejo esse livro barato e não dava muito por ele...
    Mas sempre ouço falar muito bem e sua resenha me animou ♥

    Beijos

    http://bibliotecadocoracao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compra, tomara que goste!
      :] Obrigada pela visita.
      beijinhos

      Excluir